Rapinha pede medidas para conter mau cheiro da Ete

Publicado em: 15 de maio de 2019

 
O vereador Claudimar Basílio da Silva, por meio da Indicação 302/2019, apontou a necessidade de a Prefeitura cobrar da Copasa, a empresa concessionária dos serviços públicos e água e esgotamento sanitário, que tome medidas efetivas para eliminar o constante mau cheiro que exala da Estação de Tratamento de Esgoto-Ete há tempos, que sempre provoca revolta e mal-estar na população frutalense. O vereador assinalou que as queixas vêm especialmente dos moradores dos bairros Princesa Isabel, Princesa Isabel II e Quinze de Novembro.
Para ele, a empresa Copasa , em vez de trazer a solução para o esgoto da cidade, trouxe esta poluição, sem que nenhuma das medidas anunciadas para conter o  mau cheiro tivesse resultados efetivos. Para Rapinha, a situação vem piorando, o que exige uma ação eficiente para atender aos reclamos da população, principalmente os moradores dos bairros vizinhos, que estão sofrendo com o constante cheiro fétido diariamente. O vereador diz que as medidas devem ser tomadas pela Prefeitura, que pode exigir o cumprimento de todas as suas responsabilidades da Copasa, incluindo aí a preocupação com o meio ambiente.


Cadastre-se e receba notícias em seu email