Câmara, Sindicato Rural e MP buscam soluções para problemas da zona rural de Frutal

Reunião ocorreu no auditório do Sindicato Rural na tarde de terça (9)

Publicado em: 10 de abril de 2019

 

Os vereadores Pedrinho do Gás (presidente da Câmara de Frutal), Juninho do Sindicato, Edivalder Fernandes (Cheiroso), Dinaldo do Pão de Queijo e Liosório Barba participaram na tarde de ontem de reunião que apresentou um diagnóstico da zona rural de Frutal e deu início a discussão de soluções para os problemas apresentados.

Estiveram presentes no encontro representantes do Sindicato Rural de Frutal, Emater, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Polícia Militar e Ministério Público. O encontro ocorreu no auditório do sindicato e apresentou diversos dados importantes sobre a geração de receita por parte dos produtores rurais do município em detrimento da pouca contrapartida que recebem principalmente no que tange à manutenção das estradas rurais.

Essa manutenção das vias foi uma das principais discussões apresentadas durante a reunião, especialmente por conta da dificuldade não só de escoação da produção, mas também pelo acesso de crianças a escolas rurais, de viaturas da polícia para atender a ocorrências e até mesmo de ambulâncias quando é necessário socorro imediato.

Conforme a promotora Daniela Campos de Abreu Serra, curadora do patrimônio público do MP em Frutal, a reunião foi importante especialmente por apontar a necessidade de fortalecimento do CMDRS como órgão para captar recursos para auxiliar na solução de problemas e como porta-voz desses problemas perante aos poderes constituídos. “Ficou claro aqui que a conservação da malha viária da zona rural traz uma série de problemas. Estabelecemos como estratégia esse fortalecimento do Conselho Municipal para enfrentarmos esses problemas e requisitei uma série de documentos para serem apresentados para a promotoria, onde será feita uma análise a fim de estabelecermos os caminhos para solucionar esse problema”, avalia.

Para o presidente da Câmara de Frutal, Pedro do Nascimento (Pedrinho do Gás), a reunião foi importante justamente para mostrar a realidade enfrentada pelo homem do campo, em especial os pequenos produtores que muitas vezes estão desamparados. “O pequeno produtor dificilmente é atendido e uma reunião como essa é importante para mostrar isso e cobrar mais apoio nesse sentido. Precisamos de manutenção em estradas, mata-burro, pontes e tudo mais. Temos que promover essa valorização dos produtores e fortalecer o CMDRS. A Câmara será parceira para que esses avanços aconteçam de forma efetiva”.

O vereador Sebastião Custódio Couto Júnior (Juninho do Sindicato) também destacou a importância da reunião no sentido de provocar tanto o MP como os próprios produtores em busca de ações efetivas para a zona rural. “Saímos daqui fortalecidos, já que a promotora nos deu um norte sobre como o Conselho pode trabalhar em busca de emendas parlamentares para impulsionar a nossa zona rural, permitindo melhor tráfego na malha viária rural, bem como ações focadas nas questões ambientais que deverão ser discutidos com o promotor da pasta em uma reunião futura”.

Presente na reunião, o major Ivanildo Gomes dos Santos apontou dados sobre a questão da segurança na zona rural do município, apontando que mesmo diante das dificuldades fechou o ano de 2018 com saldo positivo no que diz respeito a diminuição de crimes ocorridos nessa área. Conforme o comandante da 4ª Cia., os bons resultados são fruto de parcerias com os órgãos representativos e Ministério Público, sendo que o fortalecimento do Conselho Municipal também deverá refletir em melhorias na segurança.


Publicado por: Diretoria de Comunicação

Cadastre-se e receba notícias em seu email