Professores da UEMG recebem moção por criação do curso de Engenharia Agronômica

Bruno assinalou que criar o curso na universidade demorou algum tempo e que os três homenageados se envolveram num trabalho intenso até que o projeto fosse concluído.

Publicado em: 26 de junho de 2018

O vereador Bruno Augusto de Jesus Ferreira entregou Moção de Aplauso e Reconhecimento aos professores Jhansley Ferreira, Thiago Torres e Vanesca Korasaki, pelo trabalho desenvolvido para a conquista do curso de Engenharia Agronômica para a Unidade da UEMG em Frutal. Bruno assinalou que criar o curso na universidade demorou algum tempo e que os três homenageados se envolveram num trabalho intenso até que o projeto fosse concluído. “O professor é a base da educação e, mesmo com salários atrasados, enfrentando dificuldades, fizeram seu papel como pioneiros pela vinda do curso. Isso vem de muito tempo, eles fizeram todo o trabalho de extensão e pesquisa, cuidaram da parte burocrática até que houve a publicação. Não é ação de vereador, deputado ou prefeito e sim dos professores. Esses merecem aplauso porque eles correram atrás e não podemos deixar os oportunistas tomar o brilho dos professores.”
Jhansley apontou que sente felicidade em trazer o curso para Frutal, confirmando que existe a demanda e agradeceu à direção da UEMG. “Hoje o curso é realidade, mas há um impasse. Falta a assinatura do governo e todos devem se unir para conquistar esse benefício, reunindo autoridades, vereadores e população.”
Vanesca disse que os professores tiveram liberdade para buscar o curso, que foi aprovado pelas instâncias superiores e agora falta que a parte de Frutal seja feita, que é buscar a união para que isso se torne realidade. “Desde 2014 lutamos para que a UEMG seja universidade de excelência e espero que um dia seja reconhecida em nível nacional. Nosso trabalho é esse, buscar formas de melhorar as coisas para a sociedade.”


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email