Por decisão judicial, Câmara afasta três vereadores novamente

Até nova decisão judicial, os vereadores convocados ontem exercerão normalmente seus mandatos, com todas as prerrogativas legais e constitucionais

Publicado em: 20 de março de 2018

Em cumprimento a determinação judicial, três vereadores da Câmara Municipal de Frutal voltaram a ser afastados na segunda (19): Ricardo Soares da Silva (Mazzarope), Ésio Antônio dos Santos e Edison Yamagami. Desde a sessão de cassação ocorrida ainda em 2017 eles ingressaram com manado de segurança que garantiu seus retornos para o plenário do Legislativo. No entanto, decisão do dia 16 de março proferida pela Justiça de Frutal negou os argumentos impetrados por seus advogados. Desta forma, eles foram novamente afastados do mandato. Desta decisão, ainda cabe recurso em segunda instância.

Para recompor o plenário na reunião da última segunda, foram convocados os vereadores-suplentes Gleiva Ferreira de Melo, Joziel Nunes e Liosório Antônio da Silva. Eles já participaram das votações e discussões ocorridas ontem em plenário. Conforme a presidência da Casa, o afastamento e convocação dos suplentes foram realizados em conformidade com a decisão judicial.

Até nova decisão judicial, os vereadores convocados ontem exercerão normalmente seus mandatos, com todas as prerrogativas legais e constitucionais.


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email