AUTORIDADES DEBATEM A CONCESSÃO DA BR-153

Câmara Municipal de Frutal debateu sobre a concessão da BR-153.

Publicado em: 27 de novembro de 2017

A PREVISÃO DA TRIUNFO CONCEBRA É DE QUE A DUPLICAÇÃO SEJA EXECUTADA ENTRE 2023 E 2026

Na última sexta-feira, 24 de novembro, o Plenário da Câmara Municipal de Frutal sediou um evento muito esperado por toda a comunidade frutalense e região: o seminário de debate sobre a concessão da BR-153. Estiveram presentes autoridades dos municípios de Campina Verde, Fronteira, Itapagipe, e Prata, entre outros.

O deputado federal Caio Narcio, a prefeita de Frutal, Maria Cecília Marchi Borges, o deputado estadual José de Freitas Maia e o vereador de Frutal Edivalder Fernandes da Silva, que estava representando o presidente da Câmara, foram alguns dos representantes do poder público que compuseram a mesa de honra.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi representada pelo engenheiro Marcelo Alcides dos Santos, que falou um pouco sobre essa que é a maior concessão federal até o momento, atravessando três unidades da federação e contando com 11 praças de pedágio.

Segundo Marcelo, é de responsabilidade da ANTT fazer com que o contrato seja cumprido. O coordenador chamou a atenção para a Medida Provisória (MP) 800/2017, que diz respeito à repactuação de alguns contratos. Segundo a MP publicada em 19 de setembro, as concessionárias passam a ter até 14 anos para a conclusão das obras. O prazo anterior era de cinco anos.

A concessionária Triunfo Concebra é a responsável pela duplicação da BR-153. No evento, o diretor-presidente da empresa, Odenir José Sanches, esteve presente e explicou sobre todos os aspectos que fazem parte do processo de concessão. Segundo ele, a previsão de execução da obra é de 2023 a 2026.

            Embora os prazos de conclusão estejam maiores, o vereador Edivalder Fernandes ressalta a importância do debate e da participação da comunidade nas próximas ações. “Nós não podemos nos dar por vencidos. Mais do que nunca precisamos unir forças para alcançarmos todos os nossos objetivos: a duplicação, uma melhor sinalização e um prazo mais curto do que o proposto”


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email