Câmara reduz salários e gera economia para os cofres públicos

Mais de R$100 mil serão economizados anualmente apenas na folha de pagamento da Câmara Municipal

Publicado em: 22 de maio de 2017

Desde que assumiu a gestão da Câmara Municipal de Frutal, o presidente Querino François de Oliveira Vasconcelos tem adotado medidas para economizar e reduzir os custos de manutenção do Legislativo. Uma de suas primeiras propostas que já foi aprovada em Plenário e que já está sancionada, foi a redução do salário do cargo de assessor jurídico da Câmara de Frutal de R$12 mil para R$8,9 mil, resultando em economia de mais de R$40 mil anualmente, contado o salário e encargos trabalhistas.

Além disso, o presidente Querino não lotou todos os cargos em comissão existentes que eram utilizados em outros mandatos na estrutura do Legislativo e inclusive está propondo um projeto de lei para extinguir cargo com salário de quase R$6 mil mensais. Com todas essas medidas, a expectativa é de que inicialmente, mais de R$100 mil sejam economizados anualmente apenas na folha de pagamento da Câmara Municipal.

Todas estas medidas adotadas servem para ajustar os gastos do poder público e dar exemplos de como é possível manter o funcionamento do Legislativo e ao mesmo tempo, economizar. As ações de economia não param por aí e em breve outras ações, desde o controle de gastos até redução de vencimentos de outros cargos, devem ser implantadas em breve pela presidência.


Publicado por: Assessoria de Comunicação

Cadastre-se e receba notícias em seu email