Em Brasília, Bruno pede esclarecimentos, faz denúncia e apresenta diversas reivindicações

Publicado em: 22 de abril de 2013

O vereador Bruno Augusto (PSL) esteve em Brasília nos dias 17 e 18 de abril, onde além de se reunir com deputados, também participou de reunião no Ministério das Comunicações, onde apresentou a sua recente luta contra o monopólio da CTBC. Bruno falou das diversas falhas da operadora e também sobre a omissão. Ele apresentou um relatório na ouvidoria, onde mandou em anexo à cópia do oficio enviado pela Câmara a CTBC, onde a casa de leis convidou a empresa a participar de reunião ordinária, com o intuito de obter explicações sobre as recentes falhas na prestação do serviço, porém a empresa se quer respondeu o ofício. Bruno se reuniu com a diretora do “Sinditelebrasil” (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Celular e Pessoal), Mariana Brasil, onde relatou sua insatisfação na prestação dos serviços da operadora e seu intuito em acabar com o monopólio. Segundo o vereador, a diretora garantiu todo o apoio na vinda de outra empresa fornecedora de internet para o município, mas esclareceu que antes irá marcar uma audiência com a CTBC, onde cobrará explicações sobre as denuncias apresentadas, inclusive sobre a omissão da operadora, fato que revoltou os vereadores do município. “A CTBC simplesmente ignorou uma solicitação do Poder Legislativo do município, às vezes por se tratar de uma Câmara, onde vereadores não tenham representatividade nacional, quero ver agora eles ignorarem então uma notificação do Ministério das Comunicações. Como eu disse anteriormente, podemos ter apenas uma pequena representatividade na política nacional, porém todos nós pertencemos a um partido, que tem deputados e senadores,”. Ressaltou Bruno. No Ministério dos Transportes, Bruno participou de uma audiência na ouvidoria do órgão, onde apresentou fotos e depoimentos de moradores sobre a situação do trevo da “Cruzeta”. Em documento protocolado e assinado por todos os vereadores, Bruno solicitou alguns esclarecimentos, como o valor gasto até agora no trevo, o que irá acontecer com empresa que fez o serviço e se existe algum projeto para o local. O vereador garantiu que vai acionar o Ministério Público de Minas Gerais contra a empresa, uma vez que segundo ele o serviço não foi feito. “Ali foi gasto muito dinheiro público, a empresa veio, recebeu, não fez o serviço e foi embora. Isso não pode e não vai ficar assim, o dinheiro do povo tem que ser administrado com responsabilidade, honestidade e transparência, por isso vou acionar o Ministério Público de Minas Gerais para obtermos estas informações, que é um direito nosso e uma obrigação deles.”. Afirma Bruno. Juntamente com o presidente do seu partido, Alex Freitas, Bruno também se encontrou com o deputado Dr. Grilo, que garantiu a liberações de benefícios para o município ainda este ano. Legenda - Durante visita ao deputado Federal Aelton Freitas, Bruno também encontrou o ex-deputado e agora prefeito de Uberaba, Paulo Piau


Publicado por: asscom

Cadastre-se e receba notícias em seu email